• Notícias
    • 00/00/0000 - Dicas de segurança no uso de aquecedores

      Num país continental como o Brasil, o clima varia muito. Se no nordeste temos sol o ano inteiro e no centro-oeste um clima mais seco, no sul do país e nas regiões serranas, o frio, quando chega, deixa as cidades com clima europeu.  E mais: nos últimos anos a instabilidade do clima levou esse frio para outras regiões em épocas insuspeitas.

      Nessas e em outras situações, quando as famílias se reúnem em casa para curtir o aconchego e trocar um bom papo, conforto é fundamental. É quando entram em cena os aquecedores. Mas que tipo escolher? Elétrico ou a óleo?

       Aquecedores a óleo

      Basicamente são compostos de uma carcaça metálica exterior, com óleo no interior que é aquecido pelas resistências, e funcionam através de um sistema duplo que envolve radiação e convecção, ou seja, realizam um ciclo onde o ar frio do ambiente é aquecido e sobe, forçando o ar  também frio a descer e, novamente, ser reaquecido. Isso possibilita um aquecimento mais rápido e homogêneo.

      Importante notar se o modelo de sua escolha tem termostato de segurança. A temperatura no caso dos aquecedores a óleo deve ser regulada em função da dimensão do ambiente e da temperatura do ar. Este tipo de termostato mantém a temperatura ambiente constante, depois de atingir a temperatura selecionada. Através deste dispositivo, o aparelho desliga automaticamente, após atingir determinada temperatura, voltando a ligar assim que a temperatura diminui.

      Aquecedores Elétricos

      São menores e possuem um sistema duplo de fluxo de ar quente e  frio. O aquecimento se dá através de uma resistência, com potências que variam entre 1.000 W e 2.000 W. São mais leves e aquecem o ar rapidamente. Mais uma vez é importante que o aparelho tenha um termostato de segurança, que evita o sobreaquecimento.

       Dicas de Segurança

      - Verifique se a rede elétrica interna possibilita a ligação de seu aparelho elétrico com a potência indicada. Em caso de superaquecimento da tomada, faça manutenção na rede elétrica de sua residência;

      - Evite posicionar o aquecedor atrás de cortinas e em lugares molhados;

      - Coloque o aquecedor próximo das paredes mais frias para uniformizar o aquecimento, mantendo o ambiente apenas com a pequena entrada e saída de ar, necessárias para manter a qualidade do ar. Grandes correntes de ar resfriam o ambiente e obrigam o aparelho a funcionar muito mais, gastando energia desnecessariamente. Assim você  utiliza o aparelho de forma eficiente com o máximo de benefício e conforto;

      - Evite a utilização do aquecedor ligado com benjamins ou 'T' junto com outros aparelhos elétricos;

      - Nunca seque roupas ou calçados sobre o aquecedor. Isso é muito perigoso!

      - Os aquecedores portáteis requerem mínima manutenção. Apenas mantenha-os limpos, cuidando após o inverno para limpá-los sempre desligados da tomada e fios;

      - Quando forem guardados proteja-os da poeira com um plástico. Isso evitará que quando forem ligados no próximo inverno, o ambiente fique com aquele odor da poeira que será queimada pela resistência incandescente.

      Fonte: Magazine Luiza

  • Enquete



Nilko Eletro Ltda. | Avenida Maringá, 1683 - Cep: 83.325-360 - Pinhais/ PR - Fone: (41)3661-8800 Fax: (41)3661-8801 - SAC: 0800-643-1780

Desenvolvido por Bruc Internet