• Notícias
    • 00/00/0000 - Dicas de energia

      1) Como consumir em casa

      Em casa, utilizamos vários eletrodomésticos conectados à rede. É muito importante observar certos cuidados, especialmente quando há crianças por perto.

      Ensine as crianças a não colocar os dedos ou qualquer objeto dentro das tomadas. Para mais segurança, instale protetores de plástico, que só deverão ser retirados quando a tomada for utilizada.

      Cuidado dobrado com bebês. Não deixe que coloquem fios elétricos na boca.

      Ferros, torradeiras, ventiladores e aquecedores devem ser utilizados e guardados fora do alcance das crianças. Não deixe eletrodomésticos ligados sem alguém por perto.

      Extensões e cabos de aparelhos devem estar sempre em boas condições. Não se arrisque.

      Não passe fios elétricos por baixo de tapetes. Muitos incêndios começam assim.

      Desligue os aparelhos corretamente usando os botões liga e desliga. Nunca puxe a tomada pelo fio.

      Não ligue vários aparelhos numa só tomada. Essa é outra causa comum de incêndios.

      Nunca toque em eletrodomésticos ligados enquanto você estiver trabalhando com as mãos mergulhadas na pia. Faça uma coisa de cada vez.

      Desligue a torradeira antes de retirar os pães com garfo ou faca.

      Se o seu eletrodoméstico começar a fazer barulhos estranhos ou soltar faíscas, desligue-o imediatamente. Providencie o conserto levando-o somente a oficinas de confiança.

      Sua casa está protegida por fusíveis ou disjuntores instalados na caixa do medidor ou no quadro de distribuição. Eles foram especialmente projetados para desligar o circuito em caso de defeito. Nunca bloqueie as chaves dos disjuntores ou substitua os fusíveis por arame, moeda, papel de cigarro, etc.

      Os suportes de antenas de rádio e TV, em geral, são metálicos e condutores de eletricidade. A instalação deve ser feita longe da rede elétrica, de maneira que as antenas não toquem os fios.

      Ferros de construção, trilhos de cortina, escadas e outros objetos metálicos também representam perigo e devem ser movimentados longe dos fios elétricos.

      A utilização de ferramentas elétricas requer cuidados especiais. Siga as instruções do fabricante e nunca improvise extensões ou emenda dos fios.

      Se for construir uma piscina, lembre-se de que no processo de limpeza o equipamento usado não pode encostar-se à fiação ou nas luminárias.


      2) Vale a pena instalar um dimmer (aparelho que regula a intensidade da luz)?

      Depende. O aparelho economiza energia (porque diminui a potência solicitada), mas o investimento pode não valer a pena para o bolso do consumidor, já que o dimmer custa cerca de R$ 30,00. Se não for necessária uma iluminação muito forte no ambiente, vale mais a pena trocar a lâmpada por outra de menor potência ou substituir uma lâmpada incandescente por uma fluorescente compacta.

      3) Devo tirar da tomada aparelhos como TV, DVD, microondas e CD players enquanto não os estiver utilizando?

      Sim. Além de economizar energia, a medida é importante para evitar que os aparelhos sejam danificados caso ocorram “apagões”.


      4) Há diferença entre desligar a TV no controle remoto e no power (liga/desliga) do aparelho?

      Sim. Desligada pelo controle, a TV fica em stand by, consumindo energia.


      5) Como proteger os eletrodomésticos das quedas de energia?

      Por meio de estabilizadores. Eles amortecem as variações de tensão e mantêm o equipamento energizado durante um curto período de tempo. Há desde os modelos mais simples até os mais sofisticados. São indicados para computadores, televisões e aparelhos de som. Estabilizadores não devem ser utilizados em geladeiras.

      6) Vale a pena apagar a luz do quarto e ficar com o abajur ligado?

      Depende. Se a lâmpada do abajur for da mesma potência da lâmpada do teto, o consumo será o mesmo. Caso as atividades realizadas no quarto, como ler um livro na cama, ver TV ou escutar um som não requeiram iluminação mais forte, o abajur pode ser utilizado com uma lâmpada de menor potência.

      7) Vale a pena trocar lâmpadas incandescentes por fluorescentes comuns?

      Depende. As lâmpadas fluorescentes tubulares são indicadas para serem utilizadas em cozinhas e áreas de serviço. A dica é: compre lâmpadas de 16 e 32 watts (com reator eletrônico) em vez de comprar as de 20 e 40 watts (com reator eletromagnético).

      8) Lâmpadas fluorescentes estragam a vista?
       
      Não existe nenhum estudo que comprove essa tese.

      9) Aparelhos ligados em 220 volts gastam mais energia que os ligados em 127 volts?
       
      Não. O consumo de energia depende da potência do aparelho e do tempo de sua utilização, não da tensão.

      10) Posso colocar roupas para secar atrás da geladeira?
       
      Não. Isso faz com que a geladeira consuma muito mais energia.

      11) Gelo acumulado no freezer gasta mais energia?
       
      Sim. É importante descongelar regularmente a geladeira e o freezer, evitando que se formem camadas de gelo com mais de 0,5 centímetro de espessura.

      12) Quanto tempo dura a comida na geladeira e no freezer, caso ocorra uma falta de energia?
       
      Depende da quantidade de alimentos, do estado das borrachas de vedação e da utilização do freezer durante o período de falta de energia.

      13) Colocar alimentos quentes na geladeira gasta mais energia?
       
      Sim. A geladeira utiliza mais energia para equilibrar a temperatura interna.

      14) Em qual horário deve-se evitar o consumo de energia?
       
      No horário de pico, que é das 18 às 22 horas.

      15) Pintar as paredes ajuda a economizar energia?
       
      Com cores claras, sim. As cores mais claras aproveitam melhor a luz do dia e a iluminação das lâmpadas. À noite, um quarto com paredes escuras precisa de lâmpadas mais potentes para conseguir a mesma iluminação de um quarto que tem paredes claras.

      16) Economizar água ajuda a poupar energia?
       
      Sim. A água utilizada nas usinas hidrelétricas não é a mesma do abastecimento, mas, para que a água chegue à sua casa, ela tem que ser bombeada. Na maioria dos casos, as bombas são movidas por energia elétrica.

      17) Quando há queda de energia, o telefone funciona?

      Provavelmente, sim. As empresas de telefonia têm capacidade para manter os serviços, mesmo que falte energia. Pode haver problemas se a ocorrência for prolongada. É aconselhável ter um celular ou um aparelho convencional, já que o telefone-sem-fio e o fax dependem de energia.

      18) Colocar um vidro com água em cima do relógio diminui o consumo de energia ou o valor da conta?
       
      Não. Essa crença não tem nenhuma base científica.

      19) O que fazer para gastar o mínimo de energia ao usar o ar-condicionado?
       
      Mantenha a temperatura entre 25 e 26° C e proteja o aparelho do sol. No ambiente a ser refrigerado, evite lâmpadas incandescentes muito potentes. Ao usar o ar-condicionado, mantenha portas e janelas fechadas para evitar a troca de calor. Limpe os filtros periodicamente. Se o aparelho ficar exposto aos raios solares, coloque uma proteção.

      20) Ventilador gasta menos energia do que o ar-condicionado?
       
      Sim. O ventilador consome, em média, 20% de energia a menos.

      21) O que pode acontecer com os elevadores se houver apagão?
       
      Depende. Existem elevadores que voltam para o térreo quando falta energia. Os que têm gerador continuam funcionando. Mas, quando isso acontece, o ideal é evitar o uso, pelo menos, 15 minutos antes e 15 minutos depois da falta de energia programada.

      22) Devo ter algum cuidado especial com a fiação?
       
      Sim. Manter os fios bem emendados, encapados e isolados pode não economizar energia, mas é imprescindível para sua segurança.

      23) Benjamins ou extensões gastam mais energia?

      Não, mas, por segurança, é melhor evitar que a mesma tomada seja utilizada por mais de um aparelho.

      Fonte: www.cemig.com.br

  • Enquete



Nilko Eletro Ltda. | Avenida Maringá, 1683 - Cep: 83.325-360 - Pinhais/ PR - Fone: (41)3661-8800 Fax: (41)3661-8801 - SAC: 0800-643-1780

Desenvolvido por Bruc Internet